quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Como uma terceira perna


     Como é estranho não ter mais aula! Nessas épocas era de costume eu já estar me lamentando pelo pouco de férias que ainda restava. Esse ano não tem mais isso. Logo mais eu teria que comprar meu material, esse ano ainda não sei se terei mais. Nessa época eu tinha certeza de que em fevereiro eu reveria todos os amigos, a maioria dos professores, teria que escolher uma carteira pra ser minha pelo resto do ano... agora não.
     O ensino médio é como aquela terceira perna que Clarice descreveu; quando a perdemos, conseguimos mesmo assim continuar vivendo normalmente, porém cambaleando, sentindo sua falta. Eu vejo essa parte de nossas vidas assim; depois de muito tempo convivendo com ela, arrancam-a de nós, porém sempre vamos nos lembrar que já foi uma parte da gente, que nos trazia estabilidade, "era ela que fazia de (nós) uma coisa encontrável por (nós mesmos), e sem sequer precisar (nos procurarmos)."

3 comentários:

Cáh disse...

rsrs, eu não sei oq eu é isso faz tempo! A gente se acostuma sem a terceira perna, pode crer ;)



Beijos

RZ disse...

Acho que eu prefiro minhas duas pernas à escola. Preguiça desse ensino médio aí.
Beijo, obrigada por passar sempre no meu blog :D

tamara furlan disse...

Deve dar saudade mesmo, eu imagino, mas nao vejo a hora de me livrar dessa terceira perna ! rs

Postar um comentário